pt Português       en English

Centro de Estudos Geográficos - Universidade de LisboaCentro de Estudos Geográficos da Universidade de Lisboa
Edifício da Faculdade de Letras, Alameda da Universidade, 1600-214 Lisboa, Portugal
Tel: + 351 217940218

CEG » Projectos » FURBS: Forma Urbana Sustentável – Desenvolvimento Metodológico para Portugal / FURBS: Sustainable Urban Form – Methodological Approach for Portugal

FURBS: Forma Urbana Sustentável – Desenvolvimento Metodológico para Portugal / FURBS: Sustainable Urban Form – Methodological Approach for Portugal

Ref.:
PTDC/GEO/69109/2006
Coordenador:
Eduarda Marques da Costa
Data de início:
01/02/2008
Data prevista de conclusão:
31/01/2011
Instituição Proponente:
Centro de Estudos Geográficos da Universidade de Lisboa
Outras Instituições:
DGOTDU – Direcção Geral do Ordenamento do Território e Desenvolvimento Urbano
e-GEO – Centro de Estudos de Geografia e Planeamento Regional
IGP – Instituto Geográfico Português
LNEC – Laboratório Nacional de Engenharia Civil
Entidade financiadora:
Fundação para a Ciência e a Tecnologia
Financiamento:
116.767 Euros
Núcleo:
Modelação, Ordenamento e Planeamento Territorial (MOPT)
Sítio Web:
http://www.ceg.ul.pt/FURBS

Resumo

Em Portugal, na última década, a discussão acerca da forma urbana tem vindo a ganhar importância, quer pela relevância que tem assumido nas estratégias de desenvolvimento urbano sustentável, quer pela necessidade das políticas urbanas e regionais virem a responder às questões com estas relacionadas. Neste contexto, o presente projecto tem uma componente essencialmente metodológica e desenvolve-se em 9 etapas/tarefas. A tarefa 1 corresponde à revisão da bibliografia científica e dos vários documentos de políticas relacionados com o fenómeno da expansão urbana e do desenvolvimento urbano sustentável. A tarefa 2, afigura-se de importância fundamental uma vez que é aqui que são estabelecidas as dimensões de análise e os indicadores que servirão de suporte às tarefas 3 (indicadores e métodos de detecção remota) e 4 (indicadores estatísticos), então aplicados e testados na realidade portuguesa. A análise combinada dos resultados das tarefas 3 e 4, servem de suporte à tarefa 5 onde se apresenta uma tipologia assente nos diferentes padrões de morfologia que caracterizam o território continental, assim como servem de base à construção e aplicação de um modelo de simulação da evolução da forma urbana (a desenvolver na tarefa 7). A tipologia de formas urbanas e o modelo de análise da sua evolução constituem um instrumento importante para melhorar o conhecimento do território, para a sua monitorização, podendo igualmente vir a constituir um instrumento de geração/previsão de cenários de evolução. Estes serão determinados a partir da atribuição de metas aos indicadores utilizados, cenariando-se as consequências que estes terão em termos de forma. Simultaneamente, ao longo da tarefa 6, desenvolvem-se vários casos de estudo (correspondentes a dissertações de mestrado e de doutoramento), cujos resultados contribuem para melhorar o conhecimentos sobre os factores e processos que conduzem a evolução da forma urbana e adequabilidade das estratégias para o desenvolvimento urbano sustentável. Como resultados esperados (a desenvolver nas tarefas 8 e 9) contam-se: um conjunto de indicadores-chave para análise da forma urbana, uma tipologia de morfologias urbanas em Portugal e, posteriormente, a elaboração de um modelo que permita simular a evolução dos territórios a partir da evolução dos parametros/indicadores atrás identificados. Para além disso, o trabalho desenvolvido permite apresentar um conjunto de recomendações e orientações para a definição de políticas urbanas e regionais. In the last decade in Portugal, discussion about urban form has been growing importance, related with sustainable urban development and urban and regional policies. This project contributes to improve this discussion. The main objectives of this project are: to elaborate key-indicators to analyse the sustainable urban form and develop a methodology to analyse the evolution of urban form in Portugal. The project, essentially methodological, is structured in 9 tasks. A theoretical discussion related to literature and policy review is presented in Task 1. Simultaneously to the discussion and definition of the dimensions of analysis, a preliminary list of indicators is presented in strictly connection to the previously defined dimensions of analysis (Task 2). This list of indicators is essential to develop tasks 3 (Remote sensing data based indexes) and 4 (Statistical data based indexes), where indicators are selected and tested beyond criteria of availability to Portuguese reality and adjusted to local scale of analysis. This allows to present a typology of urban morphology territories in Portugal (task 5) as well as to present an integrated model that will provide planners with more powerful tools for urban and regional scenarios generation (Task 7). This approach evaluates whether model outcomes exhibit quantitative agreement with empirical urban structures (typologies). For an integrated urban planning strategy, it is necessary to recognise, anticipate, measure and understand urban dynamics and their consequences. In parallel, in Task 6, empirically-based case studies are developed in order to improve knowledge in urban form and spatial development in Portugal. They are representative of some aspects or phenomena of urbanization form and their consequences to urban form development (specific subjects like the consequences of patterns of private mobility, housing and second housing spread and network of cities, as well as methodologies to measure urban form and indicators of spatial development). A list of key indicators to measure urban form, a typology of morphologic territories and a simulation model of evolution of urban form are the main expected results in tasks 8 and 9. Besides the last results, recommendations for monitoring and policies development are previewed to be developed also in tasks 8 and 9.

Informação actualizada em 06-02-2012

Centro de Estudos Geográficos da Universidade de Lisboa
Edifício da Faculdade de Letras, Alameda da Universidade, 1600-214 Lisboa, Portugal
Tel: + 351 217940218
ceg@campus.ul.pt